Sem filtro - Úlcera venosa sintomas e tratamentos

Úlcera venosa: sintomas e tratamentos

A úlcera venosa, também chamada de úlcera varicosa, é uma ferida decorrente da má circulação sanguínea em determinado ponto da perna ou do tornozelo. Em suma, o problema acontece depois de uma insuficiência venosa crônica de alto nível, que provavelmente já passou por diversos outros sintomas.

Este tipo de ferida é característico por ser de difícil cicatrização. Em alguns casos, a cicatrização pode levar semanas, meses ou anos — ou mesmo nunca acontecer. Assim, sem tratamento, elas podem levar a infecções graves, razão pela qual devem sempre ser limpas e cuidadas por profissionais de saúde.

Quais são as causas da úlcera venosa?

A causa por trás do ferimento é o acúmulo de sangue, que ocorre nos membros inferiores, quando as veias têm dificuldade em enviar o sangue de volta para o coração. Por isso, o sangue que deveria circular acaba ficando alojado nas veias, causando pressão interna. Na maioria das vezes, problemas venosos como este são resultado de sedentarismo, comum especialmente a quem passa muito tempo sentado ou em pé.

Entretanto, o principal grupo de risco são os idosos, já que suas veias naturalmente encontram desafios em trabalhar corretamente. Tanto neles quanto em outras fatias da população, há mais alguns fatores de risco, como:

  • tabagismo;
  • obesidade;
  • osteoartrite;
  • demais problemas circulatórios;
  • histórico de varizes ou feridas nas pernas.

Sintomas da úlcera venosa

A úlcera em si, quando surge, costuma se localizar na parte interna do tornozelo. É uma ferida muitas vezes oval, de fundo vermelho, como em carne viva. Ao redor, pode haver uma borda escurecida, conhecida como dermatite ocre. Não é muito dolorosa, no geral.

Por ser visível, o diagnóstico costuma ser clínico, mas o médico responsável ainda deve solicitar alguns exames para confirmar a origem da ferida. Muitas vezes, apenas uma ultrassonografia é o bastante. Ao mesmo tempo, é importante que o profissional saiba do histórico de saúde do paciente, tanto para formular o melhor tratamento quanto para recomendar mudanças no estilo de vida, se for o caso.

É interessante ficar atento a outros sintomas de problemas circulatórios. Prestar atenção a eles pode significar uma prevenção contra o ferimento. Converse com seu médico se você perceber:

  • inchaço nas pernas;
  • manchas na pele;
  • dor nas pernas;
  • varizes;
  • sensação de peso nas pernas;
  • rigidez na pele.

Tratamentos para a úlcera venosa

Como a úlcera é uma ferida aberta, o tratamento primordial consiste em limpar e cuidar dela para evitar infecções e outras complicações. Na limpeza, é retirado o tecido morto e o líquido. Então, é aplicada uma pomada e feito o curativo.

Normalmente, o paciente deve usar meias ou gaze de compressão para aprimorar a circulação sanguínea, além de posicionar as pernas acima do coração algumas vezes ao dia. Em casos graves, no entanto, a úlcera venosa pode exigir intervenção cirúrgica.

Quer saber mais? Clique no banner!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp